www.gazetademuriae.com.br

Notícias

Você está em Notícias/Cidade

De acordo com a Defesa Civil, situação do Rio Muriaé é de alerta

29/12/2011 - 11h31m - Atualizado em 29/12/2011 - 13h06m

Diminui o tamanho da fonte Aumenta o tamanho da fonte
Versão para impressão
Enviar por e-mail

Com a intensa chuva que caiu ontem, 28, à noite e madrugada adentro, 71mm, quase o dobro do que estava previsto, as águas do Rio Muriaé subiram, chegando a registrar suas maiores elevações neste ano, 2,40 metros acima do nível no ponto de mediação do Bairro Napoleão, encontrando-se, no atual momento, em seu limite máximo de acomodação.

De acordo com a Defesa Civil de Muriaé, a atual situação do rio é de alerta, pois, na altura em que se encontram as águas, a qualquer momento, as ruas laterais do Napoleão, as ruas da Barra, do José Cirilo, do Santana podem começar a sofrerem alagamento, vai depender da quantidade que choveu nas cabeceiras do Rio Muriaé e Preto, que estão nas cidades de Mirai, Rosário da Limeira e São Sebastião da Vargem Alegre.

No Napoleão as águas do Rio Muriaé ainda não começaram a invadir as ruas. Já na Barra, o rio está invadindo algumas ruas, como a Belisário, a região da Prainha, e outras. Caso o tempo permaneça sem chuva, a tendência é de que as águas do Rio Muriaé abaixem com rapidez.

A Defesa Civil também pede que a população que mora perto de encostas fique alerta, pois os terrenos estão encharcados e a qualquer momento deslizamentos de terra podem acontecer.




Tags relacionadas: alagamento, rio