www.gazetademuriae.com.br

Notícias

Você está em Notícias/Ronda Policial

Polícia Militar de Muriaé apreende caminhão, baú e carga roubados

13/02/2012 - 14h31m

Diminui o tamanho da fonte Aumenta o tamanho da fonte
Versão para impressão
Enviar por e-mail

Na manhã desta segunda-feira, 13, foi apreendido pela Polícia Militar de Muriaé, na BR 116, na região do Bairro Santa Luzia, num galpão localizado, onde antigamente funcionava o Alejúnior, ao lado da Eureka, uma carreta, um baú e cerca de 25 toneladas de tecidos, todos roubados.

De acordo com o Comandante da 76ª Companhia da Polícia Militar, Capitão Erly, que estava presente no local da apreensão chefiando a operação, esta ocorrência teve início na BR 262, onde um caminhão foi assaltado por quatro elementos num veículo Tempra. Eles abordaram esse caminhão, renderam o motorista, fizeram ele refém por alguns minutos e roubaram o veículo juntamente com a carga.

No sábado passado, 11, na parte da tarde, a PM apreendeu tal caminhão aqui em Muriaé e nesta segunda-feira, 13, ainda pela madrugada, fazendo um monitoramento do local, a polícia localizou no galpão, o baú, que essa carreta estava transportando e a carga acondicionada dentro do galpão, também, ambos roubados.

Segundo o Capitão Erly, as evidências levam a crer que parece tratar de uma quadrilha especializada que tem um braço em Muriaé. Pois, o baú localizado estava totalmente adulterado, com o número de chassi, placa e todas outras características que individualizam o baú danificadas, existem pessoas de Muriaé envolvidas no crime e a carga foi deixada na cidade.   

Pelas condições que se encontram a carga, totalmente retirada do baú e já acondicionada dentro do galpão, a polícia imagina que o caminhão utilizado para transportar a carga, que já é um caminhão mais velho, seria usado para desovar o baú roubado. “Já que é um caminhão que está regular, mas bastante velho, pressupõe que certamente seria abandonado aqui com este baú”, declarou Capitão Erly.

O cidadão que estava dirigindo o caminhão que foi apreendido nesta segunda-feira, 13, já possuía passagem pela polícia e conforme disse o comandante da operação, ele já havia confessado aos militares que possuía uma pequena confecção. A partir de agora, ele ficará detido e a polícia irá investigar qual a parcela de participação dele no crime.

Todas as informações a respeito da operação serão repassadas para a polícia judiciária que irá apurar sobre os envolvidos no crime, a polícia militar continuará monitorando a região já que acredita ter haver uma parte da quadrilha em Muriaé.

Estiveram presentes na ocorrência várias viaturas da Polícia Militar de Muriaé, vários militares, peritos realizando a perícia técnica e homens da empresa Pátio do Itajuru.
















Tags relacionadas: caminhão, tecido, polícia