Gazeta de Muriaé
  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
Em Além Paraíba: na terça-feira (03), uma operação conjunta entre as Polícias Civis de Minas Gerais e do Paraná, com o apoio da Polícia Rodoviária Federal, resultou no cumprimento de um mandado de prisão, em Além Paraíba, em desfavor de um homem de 39 anos, suspeito de ter praticado o crime de estelionato no estado do Paraná. Ele teria lesado diversas pessoas em negociação envolvendo veículos automotores de luxo.

A ação, denominada "Reta Final", foi deflagrada por policiais civis da 28ª Delegacia de Além Paraíba, policiais civis da Delegacia de Araucária e o Grupo TIGRE (Tático Integrado Grupo de Repressão Especial), do Paraná, com apoio da PRF, e também culminou no cumprimento de um mandado de busca e apreensão na residência do homem, onde foram apreendidos dois veículos, entre eles, um Jeep Renegade e um veículo Mercedes C300, que teriam sido utilizados nos golpes.

Investigações apontam que o investigado teria adquirido, de forma fraudulenta, veículos de luxo, mediante fraudes documental e bancária, tendo, em seguida, repassado a terceiros de boa-fé. As apurações continuam com o intuito de identificar os demais envolvidos na ação delituosa e de identificar possíveis vítimas no estado de Minas Gerais.

O suspeito foi encaminhado ao sistema prisional, onde se encontra à disposição da Justiça.

Comentários nesse artigo

Na segunda-feira(03), a Polícia Civil de Minas Gerais cumpriu três mandados de prisão preventiva em desfavor de um jovem de 18 anos, indiciado por ter cometido assaltos no mês de julho, em Ubá. A ação é um desdobramento da operação "Anjo das Trevas", ocorrida no dia 29 de agosto, no combate àprática de crimes de roubo à mão armada em estabelecimentos empresariais e residências do município. Na ocasião, durante a manobra, não houveprisão, no entanto, após diligências, foi possível localizar o investigado nesta semana.

Investigações da Delegacia de Repressão a Crimes de Furtos e Roubos  apontam que o homem teria cometido assaltos na manhã do dia 08 de julho, na Avenida João Gomes Pereira, no Bairro Pires da Luz, e na tarde do dia 19 de julho, na Avenida Olegário Maciel, no Bairro Industrial. Além disso, ele teria praticado o crime no dia 28 de julho, na Rua Nossa Senhora Aparecida, no Bairro Industrial, e na Avenida Olegário Maciel, no mesmo Bairro.

De acordo com o Delegado Regional de Ubá, Diêgo Candian Alves, a operação prosseguirá durante todo o mês de setembro. " Uma vez que há outros elementos foragidos", concluiu.

Comentários nesse artigo

Nesta sexta-feira (09), está sendo deflagrada, em Ubá, uma operação 
conjunta, denominada "Cavalo de Troia", das Polícias Civil e Militar, do 
Ministério Público e do Judiciário contra o crime organizado no 
município. De acordo com informações do Delegado Regional de Ubá, Diêgo 
Candian Alves, até o momento, foram cumpridos 12 mandados de prisão. A 
ação segue em andamento.
image

*Mais informações serão divulgadas hoje, às 15h, na Delegacia Regional 
de Ubá 

Comentários nesse artigo

A Polícia Militar de Muriaé realizou na tarde desta quinta-feira (1º), a apreensão de cerca de 741 papelotes de cocaína no bairro Aeroporto. Após denúncias recebidas dando conta que havia drogas escondidas ao final da rua Olinda Gardone no bairro Aeroporto, as equipes deslocaram, e após intensas buscas, com o apoio imprescindível da Cadela "Bruska", a mesma localizou enterrado o total de 741 papelotes de cocaína. Os suspeitos não estavam no local, porém, foram identificados e devidamente qualificado na ocorrência.

Materiais

? 741 papelotes de cocaina

Autor: Assessoria de Comunicação Organizacional do 47º BPM

Comentários nesse artigo

A Polícia Militar de Muriaé apreendeu na tarde desta quarta-feira (31), seis barras de maconha enterradas. Após receber denúncias, dando conta que um individuo (morador do bairro Marambaia) teria "escondido" drogas em meio a área de vegetação atrás de uma antiga boate ", a equipe policial montou operação no local, onde obtiveram êxito em localizar as seis barras de maconha em pontos distintos (aproximadamente oito metros de distância um ponto do outro). O suspeito da propriedade da droga não foi localizado.

Autor: Assessoria de Comunicação Organizacional do 47º BPM

Comentários nesse artigo

 A Polícia Civil apura o roubo registrado na madrugada de segunda-feira (24), quando foi subtraída a quantia de mais de R$1 milhão, em uma residência localizada em Itamarati de Minas. Seis pessoas envolvidas no crime foram presas, bem como recuperados mais de R$ 730 mil.

Após diligências realizadas, policiais civis da 27ª Delegacia de Cataguases passaram a monitorar a residência de suspeitos, resultando na prisão de quatro investigados, suspeitos de cometerem roubo. Conforme informações do Delegado Diego Mattos de Vilhena, na terça-feira (25), dois jovens de 21 anos foram presos no município de Cataguases, e um rapaz, de 24 anos, na cidade de Mercês, onde, durante a ação, a PCMG teve o apoio de dois policiais do Serviço Reservado da Polícia Militar. Um quarto autor, que se encontrava de saída temporária da Penitenciária de Muriaé, também foi preso, ontem, em Muriaé. Além disso, dois homens, de 20 e 37 anos, foram presos por receptação em Cataguases.

Na ação, um dos investigados, de 21 anos, tentou fugir a pé, mas foi alcançado e contido pela equipe de policiais. Com o suspeito, foi recuperada parte da quantia de dinheiro. Posteriormente, foram identificados os demais suspeitos do roubo, assim como os envolvidos na receptação dos valores subtraídos. "Desta forma, novas diligências foram 
desencadeadas, culminando na localização do montante que restou apreendido, além dos demais envolvidos", explicou, complementando que os suspeitos foram conduzidos até a unidade prisional.

A autoridade policial também explicou que a investigação segue em andamento a fim de apurar a existência de outros envolvidos e de localizar o restante do dinheiro. Para o Delegado Regional de Leopoldina, Dr Carlos Eduardo Santos Rodrigues, o resultado exitoso se deve ao empenho dos policiais civis, que se encontram, desde a comunicação do crime, trabalhando por dias ininterruptos para apurar os fatos.

Comentários nesse artigo

Na quinta-feira (30), a Polícia Civil de Minas Gerais, em ação conjunta com a Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro, prendeu um jovem de 22 anos, na comunidade do Vidigal, no Rio de Janeiro. Ele é suspeito de 
integrar uma quadrilha especializada em roubos a propriedades rurais, ocorridos na divisa entre os estados do Rio de Janeiro e de Minas Gerais.

No dia 10 de maio, outra operação conjunta foi deflagrada no local com o objetivo de cumprir mandados de busca e apreensão e de prisão em desfavor desse jovem, no entanto, na ocasião, ele não foi localizado. Os mandados são oriundos de apurações iniciadas há seis meses pela Delegacia de Além Paraíba, que investigou crimes de tráfico de drogas e roubo à mão armada envolvendo os integrantes da quadrilha.

De acordo com o Delegado Marcos Vignolo, entre as investigações,  está a apuração de um roubo ocorrido no dia 09 de maio de 2018, no município de Santo Antonio do Aventureiro, Minas Gerais. Três indivíduos armados renderam o morador de um sítio e roubaram diversos pertences da residência dele. Os suspeitos seguiram em direção ao município de Muriaé, juntamente com a vítima, em um veículo, retornando em seguida ao município de Além Paraíba, onde realizaram outro roubo em um estabelecimento comercial, localizado no Bairro Santa Rita.   "Seguindo a ação delitiva, seguiram pela estrada municipal João Bouhid, chegando ao posto Piscina, onde realizaram saques no cartão de crédito da vítima, que ainda se encontrava sob a guarda dos criminosos, tendo sido liberada somente no município de Três Rios, Rio de Janeiro, a 100 km de sua residência", contou a autoridade policial.


Ainda conforme o Delegado, o homem foi encaminhado à unidade prisional do Rio de Janeiro, onde se encontra à disposição da Justiça. As investigações continuam a fim de identificar e prender outros integrantes da quadrilha.

A ação dessa quinta contou com a participação de policiais civis de Minas Gerais e do Rio de Janeiro. A operação foi coordenada pelos Delegados Bruno Wink e Márcio Rocha, da 3ª Delegacia Regional de Leopoldina, Delegado Hugo Malhano, Chefe do Departamento de Operações Especiais - DEOESP, e Sérgio Sahione, Chefe da CORE Rio de Janeiro. Os trabalhos de investigação foram coordenados pelo Delegado Marcos Vignolo, que atua em Além Paraíba, e pela equipe dele, sob a supervisão do Delegado Regional de Leopoldina, Dr Carlos Eduardo dos Santos Rodrigues.

Comentários nesse artigo

Um individuo de trinta anos foi preso na tarde de segunda-feira (27), no bairro Padre Tiago por porte de arma de fogo. As equipes POP e GEPMOR realizavam a operação "Batida Policial" quando depararam com quatro indivíduos em atitude suspeita próximos a um mercado. Estes indivíduos evadiram em disparada, onde o autor de trinta anos foi visto arremessando um objeto, que tratava-se de uma pistola calibre trinta e oito com um carregador com dezenove munições. Continuadas as diligências o autor foi localizado e conduzido para a Delegacia de Polícia no bairro Safira. 

Autor: Assessoria de Comunicação Organizacional do 47º BPM

Comentários nesse artigo

A Polícia Civil de Muriaé deflagrou na tarde desta sexta-feira (3) uma operação denominada como "NOSFERATUS" sendo cumprido Mandado de Busca e Apreensão expedido para a residência de um casal na cidade de Miradouro.

Segundo informado pelo Dr. Tayrony, a Polícia Civil após investigações realizadas pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) com apoio da Agencia de Inteligência e Informação Policial (AIP) e da Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE) da 4ª DRPC, foi deflagrado esta operação para cumprir mandado de Busca e Apreensão na residência de um casal em Miradouro e de um homem na cidade de Fervedouro, todos suspeitos de envolvimento no homicídio duplo no distrito de Itamuri - Muriaé..

"Todos são suspeitos de envolvimento no duplo homicídio em que os corpos foram encontrados carbonizados na estrada rural que dá acesso ao Distrito de Itamuri e que uma das supostas Vítimas encontradas no veículo tem ligação com o PCC". Disse Dr. Tayrony.

Durante as Buscas foram localizadas duas armas de fogo (1 revólver calibre .38 e uma Pistola Taurus .380) e munições, escondidos sobre o forro de gesso do teto da residência.

Comentários nesse artigo

Foi realizado durante essa semana o lançamento das aulas do "PROERD 2019" na área de atuação do Quadragésimo Sétimo Batalhão da Polícia Militar de Minas Gerais. O Programa Educacional de Resistência às Drogas e Violência -PROERD, tem o cunho de prevenção, onde as crianças recebem instruções de policiais militares capacitados para possuir a habilidade de tomar boas decisões no decorrer da vida. O programa esse ano vai atender mais de mil alunos que estão matriculados na 5º série das escolas participantes nos três municípios e os detalhes do planejamento foram adequados com as diretoras responsáveis e representantes para o perfeito desenvolvimento das aulas. O Quadragésimo Sétimo Batalhão acredita sempre que uma instrução de qualidade junto às crianças trará adultos com mais entendimento e mais qualificado para a vida.    

Autor: Assessoria de Comunicação Organizacional do 47º BPM

Comentários nesse artigo

O Autor

Histórico



Gazeta de Muriaé
HPMAIS